Retrofit: preservação da identidade aliada à modernização – S4C Construções

Retrofit: preservação da identidade aliada à modernização

Retrofit: preservação da identidade aliada à modernização

Conheça esta técnica, diferente da restauração e reforma, que preserva patrimônios históricos ao mesmo tempo em que dá um novo propósito ao imóvel

 

Diferentemente da restauração – que conserva a condição original – e da reforma – quando há emprego de melhorias, sem que haja a necessidade de se manter as características originais – o retrofit pode ser aplicado em qualquer lugar que precisa ser “rejuvenescido”, mas com suas características arquitetônicas que o distinguem de outras construções preservadas.

Surgido na Europa e nos Estados Unidos, a técnica diminui os custos com manutenção e aumenta e adapta as possibilidades de uso de uma edificação ou móvel. É indicado quando não se pode mudar a arquitetura de locais antigos, importantes para a identidade e cultura dos seus respectivos países.

No Brasil, o retrofit é relativamente novo, mas tem sido bastante procurado, já que a preocupação com a preservação de locais históricos tem aumentado. A necessidade de se utilizar o retrofit surge quando uma construção ou instalação chega ao final da vida útil e os custos com manutenção aumentam. O retrofit também permite que se adeque a construção às normas e legislação vigentes, permite novas utilidades, reestrutura instalações e aumenta a vida útil dos locais ou objetos.

A técnica exige que a mão de obra seja qualificada e que haja constante supervisão. Antes de ter início, é recomendado que o imóvel passe por um levantamento rígido de sua condição para que um projeto seja elaborado de maneira a não se perder as características, levando em consideração as necessidades.

Existem diversos tipos de retrofit, como os que são realizados quando há troca do revestimento da fachada, substituição de elevadores e sistema de refrigeração, renovação de instalações hidráulicas e elétricas, entre outros. As etapas incluem demolição controlada, reforço estrutural, fechamento, acabamento, instalações, impermeabilização e fachada.

 

No design – Objetos também podem passar pelo processo de retrofit. Peças antigas podem receber soluções aliadas à tecnologia, ecologia e, ainda, trazerem uma concepção renovada da ideia original, seguir tendências.

No design, o objetivo também é a diminuição dos custos com manutenção e prolongamento da durabilidade, mas sua principal função atualmente está relacionada às novas demandas ambientais de respeito à natureza e processos de fabricação mais rápidos.

 

Conheça nosso perfil no Pinterest, onde postamos fotos com técnicas de retrofit: http://bit.ly/1Px0oAC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *